Escritora luzense Tayane Sanschri fala sobre lançamento de livro infantil: ‘Rastros de Estrelas’

vemvercidade 05 Jan, 2018 19:25 - Atualizado em 06 Jan, 2018 12:26
O livro está previsto para ser lançado em meados de fevereiro, deste ano, em Santaluz.
Divulgação O livro está previsto para ser lançado em meados de fevereiro, deste ano, em Santaluz.

A escritora luzense Tayane Sanschri está prestes a lançar o livro infantil Rastros de Estrelas, pela editora Becalete. A obra que fala de sonho, fé e família, gira em torno da personagem Valentina, uma menininha que sonhava em ser bailarina.

De acordo com a autora, a obra é suave e traz uma melodia nas palavras, como o embalo de uma canção de ninar.

“Rastros de Estrelas foi um pedido a uma estrela. Sempre quis escrever para o público infantil. E ele foi todo ilustrado pelo artista plástico luzense: Francisco Brasil. O livro está lindo. Francisco captou toda a alegria e leveza que senti ao escrever Rastros de Estrelas”, destaca.

O livro está previsto para ser lançado em meados de fevereiro, deste ano, em Santaluz. Mas a pré-venda já está acontecendo – quem quiser adquirir, pode fazer o pedido nos perfis da autora no Facebook ou Instagram, basta pesquisar Tayane Sanschri.

Essa é a segunda obra literária de Sanschri, em 2014 ela lançou o romance Estação das Flores, pela editora Penaluxque, -- conta uma história de amor, que apesar de não ter durado, o ‘felizes para sempre’, isto é, a felicidade é revelada sobre asas de um lindo pássaro cortejando o sol até a partida dos amantes.

Lançamento do Livro Estação das Flores, em 2014.  (Foto: Arquivo pessoal)

Sanschri conta sobre a bagagem adquirida na primeira experiência. “Aprendi a ser paciente. O processo de edição de um livro até o seu lançamento demora entre 6 meses a 1 ano. Além disso, pude "sentir" o tipo de público que mais lê o que escrevo. Os leitores sempre estão em contato, mandam mensagens, perguntam, pedem pra escrever sobre determinado tema, interagem o tempo inteiro. O Estação das Flores foi um estímulo para eu amadurecer o desejo que já existia em mim, de escrever para as crianças”, disse.

A autora revela a satisfação de ter o trabalho reconhecido pelo público. “Mesmo não sendo nada fácil ser escritor no Brasil. Pois, publicar um livro não é barato, no entanto, vale por nossa realização e pelo carinho que recebemos de volta. É por paixão pela escrita que transborda dos nossos poros, só isso. Quando vemos a nossa escrita tomando forma, e ao chegar até as pessoas, fazendo-as sentir as emoções que desejamos provocar nos leitores, é gratificante demais”, revelou. 




Noticias relacionadas