Serrinha: Marido confessa que matou jovem grávida antes do parto e é preso

vemvercidade 18 Dez, 2017 08:24 - Atualizado em 18 Dez, 2017 08:33 Com Acorda Cidade
Homem confessou ter matado jovem grávida antes do parto
Foto: Facebook Homem confessou ter matado jovem grávida antes do parto

O marido de Daiane Reis Mota, grávida de oito meses encontrada morta no domingo (17), um dia antes do parto marcado para esta segunda-feira (18), na cidade de Serrinha, confessou que matou a mulher e foi preso pela Polícia Civil.

O casal morava às margens da BA-409, próximo à estação rodoviária. A jovem estava desaparecida desde a tarde de sábado (16), por volta das 15h, e foi encontrada morta na manhã de hoje, por um grupo de ciclistas, em um matagal próximo ao povoado Barra do Vento, em Serrinha. O corpo de Daiane foi achado de barriga para baixo e ela tinha uma perfuração de arma de fogo na nuca.

Segundo informações do radialista José Ferraz, da rádio regional de Serrinha, a polícia conduziu Adilson para a delegacia a fim de prestar esclarecimentos. Durante o depoimento, ele confessou que matou a jovem por suspeitar que o filho que ela estava esperando fosse de outra pessoa e revelou sentir ciúmes da mulher.

Foto: Policia Civil

Daiane tinha um filho de três anos de um relacionamento anterior. Ela trabalhava em uma farmácia da cidade. Desesperada a família publicou posts nas redes sociais com a foto de Daiane e telefones para contato, e chegou a fazer um apelo em uma rádio da cidade, na esperança de encontrá-la.

Na tarde de ontem (17), populares se dirigiram à casa do pai do acusado para tocar fogo na residência, ao suspeitarem que ele tinha acobertado o filho.




Noticias relacionadas