Willian Farias faz cirurgia e fica fora por 120 dias; Mancini testa time do Leão

vemvercidade 01 Dez, 2017 09:50 - Atualizado em 01 Dez, 2017 09:54 Informações do Jornal A Tarde
Treinador comandou treino fechado na Toca
Foto: Maurícia da Matta l EC Vitória Treinador comandou treino fechado na Toca

O volante e capitão Willian Farias ficará mais um tempo fora dos gramados. Na tarde desta quinta-feira, 30, o jogador do Vitória fez uma cirurgia para reconstruir o ligamento medial do joelho e também para reparar o menisco do mesmo joelho. Com isso, a expectativa do departamento médico do Rubro-Negro é que o jogador fique fora de combate por pelo menos quatro meses: 120 dias.

Segundo o jornal  A Tarde, a operação foi feita pelo médico do clube, Wilson Vasconcelos. O jogador já recebeu alta e nesta sexta, 1º, inicia a fisioterapia no departamento médico do clube.

O jogador estava cotado para começar a última partida do time como titular, contra a Ponte Preta, mas voltou a sentir a lesão no aquecimento antes do embate e acabou sendo substituído antes de a bola rolar pelo zagueiro Ramon. A última partida de Farias foi contra o Atlético-GO, no dia 8 de julho deste ano.

Foco na Série A

Sem Farias e com a última rodada da Série A pela frente, contra o Flamengo, no Barradão, a equipe de Vagner Mancini precisa vencer para que a permanência na elite do futebol brasileiro dependa apenas dele mesmo.

Para isso, a primeira coisa é definir os substitutos para os jogadores que não entrarão em campo na decisão: Tréllez, Geferson e Wallace, suspensos, ficam de fora. O técnico Mancini fechou o treino desta quitna, fez uma atividade focada na defesa e, depois, comandou um treinamento coletivo para testar os substitutos.

Mais uma baixa deve ser o atacante David, que está tentando se recuperar de lesão muscular na posterior da coxa direita para ir ao jogo.

“A situação [de David] requer cuidados. A gente não sabe se vai ter o jogador. Caso não atue, tenho atletas que podem fazer essa função. Kieza, Danilinho, Jhemerson... Peças diferentes do que David apresenta, mas ainda não há definição”, disse Mancini.

O treinador espera um jogo difícil no Barradão, mas vê o momento atual do Vitória mais favorável para essa decisão. Para ele, o lado emocional do time baiano está mais fortalecido.

“Acho que, hoje, a gente está mais forte para enfrentar não só o Flamengo, que é um belo adversário, como também o lado mental, o lado psíquico de se jogar diante da sua torcida, que ao longo da temporada não foi bacana, mas que nesse último jogo a gente pode encerrar com chave de ouro”, afirmou.




Noticias relacionadas