Retirolândia: Vereador Railton Costa foi o único a propor emendas no Orçamento Anual para 2018; ’ Fiz o meu papel de vereador e cidadão’

vemvercidade 06 Dez, 2017 09:54 - Atualizado em 06 Dez, 2017 14:52
Railton Costa (PTC) foi o único a propor emendas na Lei Orçamentária Anual do município de Retirolândia para o exercício financeiro de 2018.
Foto: Reprodução Railton Costa (PTC) foi o único a propor emendas na Lei Orçamentária Anual do município de Retirolândia para o exercício financeiro de 2018.

O vereador Railton Costa (PTC) foi o único a propor emendas na Lei Orçamentária Anual do município de Retirolândia para o exercício financeiro de 2018. A votação foi realizada na terça-feira feira (05), e as emendas propostas pelo edil foram aprovadas por unanimidade pelos demais vereadores presentes na sessão.

Entre as emendas estão:

  • Garantia de recursos para a manutenção da semana de cultura e arte durante o aniversário e emancipação política do município;
  • Garantia de recursos para a implantação de programas, projetos e ações de arborização das ruas da zona urbana e rural;
  • Garantia de Recursos para implantação de programas, projetos e ações para famílias que trabalham com avicultura e horticultura;
  • Garantia de recursos para a implantação de programas, projetos e ações em atenção à pessoa Idosa;
  • Garantia de recursos para a implantação de programas, projetos e ações para a Juventude;
  • Garantia de recursos para a implantação de programas, projetos e ações para a pessoa com deficiência.

De acordo com o vereador Railton Costa, ao analisar a proposta orçamentária enviada pela atual gestão para ser votada na Câmara para a execução no exercício de 2018, percebeu que não haviam previsões orçamentária especificas para estas ações, que são extremamente importantes para o município.  

“Fiz o meu papel de vereador e cidadão de estar atento analisando cada proposta e intervindo em prol de nossa população”,  destacou.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) é uma lei elaborada pelo Poder Executivo que estabelece as despesas e as receitas que serão realizadas no próximo ano. A Constituição Federal determina que o Orçamento deve ser votado e aprovado até o final de cada ano.




Noticias relacionadas