Santaluz: Secretaria de Saúde alerta para uma maior combate ao mosquito Aedes Aegypti

vemvercidade 29 Jun, 2018 16:27 - Atualizado em 29 Jun, 2018 16:38 Da Redação

Com a chegada do inverno e o tempo frio, a Secretaria Municipal de Saúde de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, através da Vigilância Epidemiológica e Combate às Endemias, alerta a população Luzense e pede a colaboração de todos para o Combate ao mosquito Aedes aegypti.

“A ideia é que todos sejam vigilantes, cada um fazendo sua parte, para que não haja a proliferação do mosquito. Se cada cidadão puder dedicar 10 minutos por semana, nos cuidados com seu quintal e vizinhança, poderemos vencer o principal causador e transmissor da dengue, zica e chikungunya”, alerta a repartição. 

“Com a população empenhada chegaremos ao resultado esperado e será o melhor para todos. Santaluz, todos juntos contra um só mosquito”, ressalta. 

Para combater o mosquito da dengue, é importante saber que as fêmeas dessa espécie depositam os ovos em diferentes locais com água parada. São exemplos de criadouros do Aedes aegypti:

Pratinhos de vasos e plantas;
Pneus abandonados;
Calhas sujas;
Caixas d’água abertas;
Piscinas;
Vasos sanitários sem uso;
Bandejas de geladeira;
Ralos;
Garrafas e outros recipientes expostos ao ar livre.

Fazer a manutenção e remover os possíveis criadouros do mosquito ainda no inverno são atitudes estratégicas na guerra contra o Aedes aegypti, um passo à frente para quando o verão chegar. Portanto, para combatê-lo, fique atento aos cuidados dentro e fora de casa:

Tampe os tonéis e caixas d’água;
Mantenha as calhas sempre limpas;
Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
Mantenha lixeiras bem tampadas;
Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.