Vereador de Paulo Afonso é preso por tentativa de homicídio contra duas pessoas

vemvercidade 13 Mar, 2018 23:24 - Atualizado em 13 Mar, 2018 23:29 Da redação, com A Tarde
Alberico Carlos Caetano da Silva (PTN), conhecido como Bero
Reprodução Alberico Carlos Caetano da Silva (PTN), conhecido como Bero

O vereador Alberico Carlos Caetano da Silva (PTN), conhecido como Bero, da cidade de Paulo Afonso, no norte da Bahia, foi preso na noite desta segunda-feira (12), em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

De acordo com a Polícia Civil, o mandado contra Bero e mais cinco parentes é referente à tentativa de homicídio de duas pessoas. Em 23 de fevereiro, eles teriam tentado matar Rogério Eloi da Silva e Jeová do Nascimento Melo, por causa de uma desavença pessoal, em um bairro da cidade.

No dia do crime, policiais militares conseguiram prender o sobrinho do vereador, Girlano Cleber Caetano da Silva. Com ele foi encontrado um rifle com sete munições. Encaminhado para audiência de custódia, Cleber foi solto após pagar uma fiança arbitrada pelo juiz.

O mandado de prisão foi solicitado pela Delegacia Territorial (DT) do município. O vereador se apresentou na Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Cabroró, em Pernambuco, e foi transferido para a Bahia.

No dia 6 de março, policiais civis também cumpriram nove mandados de busca e apreensão nos imóveis de Bero, Girlano e mais três integrantes da família, que estão com as prisões temporárias decretadas. São eles: Antônio Carlos, o “Toinho”, Geovane Carlos, o “Vando”, e Cleiton, todos estariam envolvidos no atentado do dia 23.




Noticias relacionadas